20dez

Dicas para montar um Food Truck – BeC Equipamentos

Dicas para montar um Food Truck – BeC Equipamentos

Para finalizar o ano, a BeC Equipamentos quer dar uma super dica de negócio. Para quem está pensando em mudar de vida no próximo ano, abrir seu próprio negócio e estabelecer novos horizontes, essa é a oportunidade perfeita.

Muito conhecidos nos Estados Unidos, os Food Trucks se tornaram uma ótima opção de negócio por volta de 2008, durante uma crise econômica. Nessa época, vários restaurantes fecharam as portas e seus chefs foram em busca de uma modalidade alternativa de negócio.

Os Food Trucks, além de oferecerem valores mais acessíveis, podem ser levados a qualquer lugar, variando também o público. No Brasil, essa prática ganhou força a partir de 2014.

Mercado

De acordo com pesquisas, as estimativas de crescimento e retorno desse ramo são muito otimistas. No entanto, devem ser bem planejadas. No início, os investimentos principais são voltados ao veículo onde o negócio será montado e os equipamentos que serão instalados. Hoje em dia, já existem empresas especializadas em transformações de veículos em Food Trucks, que cobram de R$20 mil a R$350 mil.

Outro ponto principal para o correto funcionamento do seu negócio é a regularização. Para isso, deve-se procurar os órgãos responsáveis, obter licenças de funcionamento e fazer o pagamento de determinadas taxas.

Estratégias

Dentre os métodos de vendas mais utilizados, podemos elencar como um dos principais, a escolha de um nicho de mercado. Fazer um estudo sobre qual deles é mais carente na localização em que você vai atuar e aproveitar ao máximo o que ele pode oferecer.

No entanto, esse estudo deve conter os custos de cada segmento, quanto seria gasto e a quanto seria vendido o seu produto. Não basta ser um ótimo nicho, se não vai atrair o público no quesito preço.

A comida a ser fornecida deve ser criativa e de qualidade, mas deve possuir um preço justo. A margem de lucro indicada por consultores especializados nesse assunto, gira em torno de 10% a 20% da receita.

Pode não parecer, mas o veículo utilizado também pesa muito na escolha dos clientes. O mesmo deve ser estilizado, chamar a atenção positivamente e conservado sempre limpo.

O cardápio deve ser muito bem elaborado e criativo. Não pode ser saturado de ofertas já existentes. A palavra-chave é INOVAÇÃO.

Por fim, a participação de eventos gastronômicos é uma ótima forma de divulgação e de conhecimento do que é oferecido pelos concorrentes. Assim descobre-se a forma como eles trabalham, o nicho de mercado de cada um e qual o mais atraente ao público.

Divulgação

As dicas de divulgação para esse tipo de negócio, não fogem da publicidade que deve existir em qualquer negócio. A internet com toda certeza, é a forma de propaganda mais utilizada atualmente, então crie e alimente blog, adquira um site, esteja ativo nas redes sociais, participe de eventos, entregue cardápios e conforme o crescimento do negócio, disponha de delivery. Seja criativo e busque conhecimento sempre.

 

Fontes: SEBRAE.
Para conhecer alguns dos equipamentos com os quais trabalhamos, clique aqui!